Sobre o Curso

O engenheiro de computação projeta e constroi computadores, periféricos e sistemas que integram hardware e software, permitindo a produção de novas máquinas e equipamentos computacionais para serem utilizados em diversos setores da sociedade. Uma ampla faixa de conteúdos programáticos, adaptados às novas tendências observadas em diversos setores da atividade econômica, em função do avanço tecnológico, será colocada à disposição dos alunos de Engenharia de Computação. Na UCPel, a formação do engenheiro de computação dar-se-á a partir de projetos e implementação de sistemas computacionais, com ênfase em processos de automação e microeletrônica, integrando aspectos relacionados ao desenvolvimento e gerência de projetos de hardware e software. Os conteúdos programáticos desenvolvidos no Curso de Engenharia de Computação abrangem: sistemas embarcados, sistemas de tempo real, sistemas integrados de hardware e software, sistemas distribuídos, redes de computadores, sistemas de comunicação e processamento de sinais e imagens.

O curso tem duração de 10 semestres e as aulas ocorrem no turno da noite.

O objetivo do curso é a formação de recursos humanos plenamente capacitados para exercer atividades profissionais relacionadas com áreas que constituem interface entre ciências de computação e engenharias elétrica e eletrônica.

Uma ampla faixa de perfis, adaptados às rápidas mudanças observadas em diversos setores da atividade econômica, por força do avanço tecnológico, será colocada à disposição dos alunos por intermédio de disciplinas optativas.

A grade curricular proposta atende, em conteúdo, às recomendações do perfil profissional para cursos de engenharia, sugeridas pelo Conselho Nacional de Educação.

Perfil do profissional

O egresso do curso de Engenharia de Computação poderá especializar-se na área de automação ou de controle e microeletrônica. Desta forma o perfil desejável para o profissional, Engenheiro de Computação esperada é:

  • a capacidade de utilizar a matemática, a ciência da computação, conhecimentos de física e tecnologias modernas no apoio à construção de produtos ou serviços seguros, confiáveis e de relevância à sociedade;
  • a capacidade de projetar, construir, testar e manter software no apoio à construção ou incorporado a produtos ou serviços, principalmente nos produtos e serviços que requeiram a interação com o ambiente e ou dispositivos físicos, além do próprio sistema computacional utilizado para o processamento de dados;
  • a capacidade de interagir com tecnologias já estabelecidas, e de desenvolver novas técnicas, no sentido de gerar produtos e serviços como mencionados nos itens anteriores;
  • a capacidade de entender e interagir com o ambiente em que os produtos e serviços, por ele projetado ou construído, irão operar;
  • o conhecimento da ciência da computação e de métodos necessários para aplicá-la;
  • o conhecimento suficiente de outras áreas (física, eletricidade, administração, etc.), além da computação, que lhe permita assumir a responsabilidade completa de produtos e serviços até um determinado nível de especificidade;
  • a facilidade de interagir e de se comunicar com profissionais da área de computação e profissionais de outras áreas no desenvolvimento de projetos em equipe;
  • a facilidade de interagir e de se comunicar com clientes, fornecedores e com o público em geral;
  • a capacidade de supervisionar, coordenar, orientar, planejar, especificar, projetar e implementar ações pertinentes à engenharia de computação e analisar os resultados;
  • a capacidade de realizar estudos de viabilidade técnico-econômica e orçamentos de ações pertinentes à engenharia de computação;
  • a disposição e postura de permanente busca da atualização profissional;
  • a disposição em aceitar a responsabilidade pela correção, precisão, confiabilidade, qualidade e segurança de seus projetos e implementações.Compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissional e avaliar o impacto de suas atividades no contexto social e ambiental.

Além dessas competências, o egresso do Curso deverá ser um profissional atuante, responsável e plenamente qualificado para o exercício da engenharia de computação, em sentido geral, como também, ter consciência da cidadania e manifestar sólidos princípios éticos em sua atuação profissional no mercado.

Com base nas linhas mestras orientadoras da identidade da UCPel, o egresso, por sua vez, deverá ter a capacidade de concretizar:

  • uma atitude valorativa diante de situações existenciais, assumindo desempenhos coerentes com os valores ético-cristãos humanísticos;
  • uma visão científica complexa da totalidade cósmica e das inter-relações aí presentes e interimplicações decorrentes;
  • engenho e inventividade, tanto na geração do novo, como na mudança e transformação do existente;
  • capacidade de articular conhecimentos de vida diária aos conhecimentos tecnológicos-científicos, em diferentes estruturas organizacionais, revelando-se profissional flexível e adaptável;
  • domínio da metodologia científica no desenvolvimento de estudos e pesquisas básicas e aplicadas;
  • capacidade de gestão de empreendimentos específicos para o fomento de novos negócios na área tecnológica de atuação;
  • capacidade e disposição para o auto-aperfeiçoamento permanente;
  • vivência da fraternidade, ser-para-o-outro, na compreensão das diferenças, na acolhida, na justiça, na equanimidade, que compõem a personalidade dogentleman.