Professor do Centro Politécnico da UCPel apresenta tutorial em conferência no Canadá

O professor do Centro Politécnico da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Cláudio Machado Diniz, apresentou tutorial no Simpósio Internacional de Circuitos e Sistemas (IEEE International Symposium on Circuits and Systems – ISCAS), realizado de 22 a 25 de maio na cidade de Montreal, no Canadá. No evento, ele expôs o tutorial com o título “Codificação de Vídeo de Alta Eficiência: da Aplicação ao Projeto de Hardware de Baixa Potência”. 
A apresentação teve duração de três horas e foi elaborada em coautoria com o também professor do Centro Politécnico da UCPel, Eduardo Antonio César da Costa, e com o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Sergio Bampi, que também é docente colaborador do mestrado em Engenharia Eletrônica e Computação da UCPel. Diniz e Bampi dividiram a apresentação do tutorial no evento.
No tutorial são abordados os conceitos básicos sobre codificação de vídeo de alta eficiência e os trabalhos de pesquisa na área de projeto de hardware para codificação de vídeo desenvolvidos pelo professores da UCPel, da UFRGS, e de outros grupos de pesquisa no mundo. Também é abordado no tutorial a pesquisa e os produtos desenvolvidos pela indústria.
O material apresentado no tutorial foi preparado a partir da pesquisa desenvolvida na tese de doutorado de Diniz, sob orientação de Bampi. Diniz defendeu sua tese de doutorado em maio de 2015 na UFRGS, quando foi aprovado com voto de louvor por unanimidade.
De acordo com o professor Diniz, a aceitação da proposta de tutorial, que foi selecionada entre diversas outras propostas submetidas, é um atestado da relevância do tema e da qualidade da pesquisa que vem sendo desenvolvida em cooperação pelos professores da UCPel e da UFRGS. Para ele, a apresentação leva o nome da UCPel para o cenário internacional da área e dá visibilidade à pesquisa desenvolvida localmente. A participação no evento também é de fundamental importância para atualização e ficar a par de estudos feitos por renomados pesquisadores de vários países.

foto da notícia